PESTIÑOS, BOLOS COM MEL DE LA TOUSSAINT

Os pestiños são pastéis feitos de farinha e gergelim fritos no azeite de oliva, depois passados ​​no mel ou no açúcar. Estes são quadrados de massa cujas duas extremidades são dobradas para o centro.

Especialidade típica da Andoulusia e de outras regiões de Espanha (Murcia e Extremadura), são confeccionados durante as festas religiosas. A primeira referência a estes pastéis na literatura espanhola data do século XVI. Eles estão relacionados com a Shebbakiyya marroquina, o que sugere uma origem comum, possivelmente andaluza.

Fáceis e rápidos de preparar, deliciosos, podem ser degustados durante os lanches do dia com chá, por exemplo.

Nível de dificuldade: fácil
Tempo de preparação: 20 minutos
Tempo de descanso: 30 minutos
Tempo de cozimento: 20 minutos
Tempo total: 40 min + 30 min (descanso)
pessoas 6
250 g de farinha
200 g de miel
75 ml de azeite
75 ml de vinho xerez (ou Madeira ou Porto)
1 limão (casca)
1 colher de sopa de sementes de anis

preparação:

  • Em uma panela, aqueça o azeite e tempere com sementes de anis e as raspas de limão. Cozinhe por 3 minutos em fogo baixo.
  • Em uma tigela, adicione a farinha, o vinho xerez e o óleo aromatizado previamente filtrado.
  • Misture até obter uma pasta.
  • Deixe a massa descansar por cerca de 30 minutos.
  • Faça bolas do tamanho de uma noz.
  • Estenda com um rolo em tiras de 4 por 4 cm.
  • Dobre nos cantos opostos para dar a eles sua forma característica.
  • Aqueça o óleo.
  • Frite em lotes, virando-os para que fiquem uniformemente dourados. 
  • Quando estiverem bem fritos, escorra em papel absorvente.
  • Misture o mel com água quente em partes iguais.
  • Aqueça brevemente no fogo.
  • Cubra os pestiños com este xarope de mel ou polvilhe com açúcar.
  • Sirva e aproveite!

Frase sobre culinária:

“De onde vêm os meus anfitriões, é a minha cozinha que parecem preferir.”

proverbe